fbpx

A cada dia que passa, a tecnologia está mais presente em nossas tarefas mais simples do dia a dia. Hoje em dia, está se tornando cada vez mais comum os clientes pedirem uma solução de automação residencial para seus projetos, e como estar preparado para essa nova demanda ?
Com esse intuito, nossa equipe preparou uma série de posts que irá lhe ajudar a saber um pouco mais sobre essas tecnologias e não ficar vendido quando um cliente lhe pedir informações sobre o tema ou quando um possível parceiro venha lhe apresentar uma solução.

O que preciso saber para considerar uma solução de automação para meu projeto, ou até mesmo para uma parceria com uma empresa de automação ? De certo, se vocês já têm uma empresa parceira com especialização em Automação residencial, eles já detêm esse conhecimento, porém, como você poderá saber se a tecnologia utilizada no projeto, é realmente o ideal para seu cliente, afinal o sucesso da automação ficará ligado a entrega final do seu projeto arquitetônico.

Considerações importantes sobre automação residencial:

  • Protocolo do sistema utilizado. (Saiba mais sobre protocolos aqui)
    Hoje em dia temos diversos protocolos no mercado de automação residencial, o que leva arquitetos e os clientes mais entusiastas a ter muitas dúvidas sobre o tema. Quanto às questões de segurança, 90% utiliza as mesmas tecnologias baseadas em certificado e criptografia. A diferença está no formato de comunicação desses protocolos. Os mais comuns são os protocolos baseados em comunicações em Malha(Mesh Network Topology) e Estrela(Star Network Topology).
    Nós sempre utilizamos protocolos baseados em Mesh, pois nos traz uma maior confiabilidade, devido aos diversos caminhos possíveis de comunicação e escalabilidade, pois é possível expandir facilmente sua área de cobertura, como também conseguimos uma maior extensão do projeto, devido a um dispositivo conversar com o outro e servir de ponte para comunicação com a central.
    Em tecnologia baseada em Star, temos todos os dispositivos ligados a um ponto central, o que limita a área de extensão do projeto e torna todo o sistema totalmente dependente da central.
    Abaixo segue exemplos de comunicação das redes Mesh e Star;

    Redes Mesh e Star
    Guia de Automação Residencial para Arquitetos - Parte 1 1

    Vemos na imagem acima um exemplo de cada topologia citada, onde ilustramos alguns pontos citados, como, o “ponto único de falha” da topologia Star e a vantagem da Mesh, onde temos diversos caminhos disponíveis para comunicação. Essa é uma dentre outras vantagens mais técnicas da rede Mesh.


    No próximo post, vamos falar sobre outro ponto importante, a Flexibilidade da tecnologia.
    Nos envie suas dúvidas nos comentários ou através do e-mail contato@intelliresidences.com.br.

Avatar
Siga-me

Jeovan M Barbosa

Arquiteto de Soluções em Intelli Residences
Arquiteto de Soluções de Automação Residencial e comercial com mais de 10 anos de experiência no mercado de Tecnologia da Informação. Atuação em grandes empresas do mercado de tecnologia e vivência em projetos de diversos setores públicos e privados, realizando arquitetura, implantação, migração de ambientes, gestão da equipe técnica do projeto, levantamento de pré-requisitos, documentação e controle de cronograma. Utilizando metodologias PMI, ITIL e Microsoft Operations Framework(MOF).
Avatar
Siga-me
Share This